quinta-feira, 1 de setembro de 2011

A história do look californiano

Tudo começou em fevereiro de 2006, quando eu resolvi mudar o visual, fazendo uma balaiagem no cabelo. Na época meu cabelo batia no meio das costas e era totalmente natural, ou seja, nunca tinha recebido qualquer tipo de pintura na vida e pelo fato de eu já ter o cabelo claro (castanho claro), não foi necessário pintá-lo, somente foram feitas as luzes (balaiagem). E aonde entra o look californiano nesta história, bem explicarei no decorrer da história que terá 5 momentos. Mas antes, abaixo vai uma foto para ilustrar o antes e depois da tal balaiagem.


Seguindo a história para julho de 2006, vou lhes contar que essa história de fazer balaiagem não deu muito certo, pois meu cabelo ficou muito ressecado... muito quebradiço... e a verdade é que eu não sei dizer ao certo se isso se deu ao fato do ao meu cabelo ser fininho e virgem ou se foi devido a técnica utilizada para compor tal look ou então se foi pela forte química... não sei mesmo... mas enfim, por conta disso tive que cortá-lo acima do ombro. E abaixo, vai uma foto da época em que eu cortei o cabelo.


Bem, agora eu cheguei no ponto de onde a história realmente "começa", pois como meu cabelo tem um bom crescimento, nesta época já era possível ver parte da raiz crescida, daí não fica difícil imaginar o motivo da ideia californiana surgir... Porém para ser mais sincera, posso afirmar que a ideia, melhor dizendo, decisão não teria se concretizado se uma amiga não tivesse perguntado se eu tinha adotado "tal look", isso mesmo, o look californiano... Contudo, a pergunta foi feita em 2007, quando o meu cabelo já tinha crescido um pouco mais do que a foto acima, e com sinceridade eu respondi que não, dizendo que não retocava a raiz do cabelo há um tempinho, pois as luzes eram "discretas" e o tom da balaiagem tinha sido feito próximo do tom de meu cabelo já com a intenção de não retocar a raiz nas situações de: arrependimento, insucesso ou qualquer outra coisa do tipo, no entanto, eu já sabia da existência desse look, embora não soubesse o nome. Detalhe: eu não tinha tomado a decisão, pelo contrário, meu desejo era deixar meu cabelo crescer de novo e fazer isso só se ele tivesse bem longo.

Avançando no tempo, para agosto de 2009, quando as "luzes californianas" já tinham se "despedido" de meu cabelo devido ao crescimento como mostra a foto abaixo, eu voltei de novo com a ideia de fazer a californiana, mas desta vez tinha a "certeza" de que faria com ele longo. Entretanto, minha antiga cabeleireira, fez o favor de detonar meu cabelo, cortando demais... E ela, com toda a maldade, pois ninguém faz isso com bondade, acabou com meu cabelo, cortando pelo menos um palmo de comprimento. Resolvi mudar de cabeleireiro e fiquei um pouco mais de um ano com ele até abandoná-lo pelo mesmo motivo da anterior. Abaixo, a foto do cabelo crescido e natural.


E finalmente em 1º de dezembro de 2010, eu resolvi adotar o look californiano de vez e a essa altura, meu antigo blog já tinha sido "re-batizado" com o nome de Barbie Californiana e para ser sincera eu nem sei quando eu mudei de nome, mas foi mais ou menos entre 2006 e 2007, ele começou com o meu nome, depois mudou para Barbie e por fim, Barbie Californiana... mas voltando a história... Na época da mudança de look, eu o fiz por vários motivos, eu estava a fim de mudar muitas coisas em minha vida e queria começar pelo cabelo... Fiz a mudança com o Carlo Roman, cabeleireiro indicado por uma amiga, lá do salão Cultura da Beleza em Ipanema.

Rua Visconde de Pirajá, 282 / Ljs G, H e I - Ipanema, RJ
Tel.: (21) 2523-5329

Ps.Curiosidades a parte 1: Em alguns lugares o nome é conhecido por Ombré Highlights e/ou Ombré Hair, a ideia é  a mesma sendo que repaginada seguindo as tendências da moda... A palavra Ombré é de origem francesa e significa sombras. Mas pra ser sincera, acho que foi este o serviço feito em meu cabelo, sendo que eu prefiro chamar de Luzes Californianas, não gostei dessa nova denominação que inventaram depois, ou pelo menos, não consegui me acostumar com ela.

E em 5 de maio deste ano (2011), fui novamente no mesmo salão com o mesmo cabeleireiro para fazer o retoque no cabelo, tudo isso para o meu aniversário que se aproximava na época e foi comemorado em 29 de maio. A técnica utilizada da segunda vez, foi um pouco diferente da primeira, sendo a primeira com papel alumínio e a segunda com prancha, mas  o resultado foi similar e ficou muito melhor... um verdadeiro arraso!!! Abaixo as fotos:


Ps.: Curiosidades a parte 2: Esse look, teve origem com os surfistas da Califórnia (Estados Unidos) que passavam parafina nas pontas do cabelo e ainda por garotas Californianas que frequentavam muito as praias e ficavam com parte das pontas queimadas pelo sol, por isso ganhou o nome de luzes californianas.

Há looks que são feitos com as pontas todas pintadas, porém as luzes dão um ar mais natural ao processo que é feito por meio de química, dando um degradê onde as pontas ficam com um tom mais claro do que a cor original do cabelo e às vezes pode parecer até que você pintou o cabelo todo.

Enfim... a verdade é que eu já mudei, ou melhor, estou mudando meu visual de novo e fica combinado assim, em breve eu voltarei aqui para contar-lhes sobre a novidade.

4 comentários:

  1. Meu agora eu entendi o porque de Californiana. Mas mesmo assim tá legal, ficou bom.

    ResponderExcluir
  2. Hum agora entedi rsrsrsr. Ainda bem que curiosidade não mata, senão estava mortinho rsrsr!

    Abraços!!!

    ResponderExcluir